image
Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque. Perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusa.
Recent Posts
Search
 

Blog

Celulite: a inimiga número 1 das mulheres

Ao olhar no espelho você vê o aspecto de casca de laranja em seu bumbum ou coxas? Não fique triste, pois você não está sozinha!

Como surge a Celulite?

A popular Celulite acomete até 98% das mulheres em algum momento da vida, principalmente nas fases em que há modificações hormonais como na puberdade, uso de pílulas anticoncepcionais e na gravidez.

A causa da Celulite é desconhecida, há na verdade uma associação de vários fatores como a predisposição genética, alterações hormonais e distúrbios circulatórios locais. O quadro é agravado pela presença de gordura localizada e flacidez cutânea, e os locais mais afetados são nádegas, culotes, abdome e coxas.

O tratamento da Celulite depende de mudanças nos hábitos alimentares e de vida, sendo que a prevenção é muito importante e deve começar já na puberdade.

Como prevenir?

  • Realizar atividade física regularmente, de preferência associando exercícios aeróbicos com localizados.
  • Evitar o uso de roupas muito justas e o cigarro, já que ambos dificultam a circulação do sangue, o que piora a retenção de líquidos.]Manter uma dieta saudável e equilibrada.

Quais os tratamentos que podemos fazer no consultório médico?

Os tratamentos variam conforme o grau de celulite da paciente, e incluem:

  • Intradermoterapia, onde substâncias estéreis são aplicadas na camada profunda da pele para melhorar a circulação, dar firmeza a
    pele e reduzir gordura localizada.
  • Drenagem linfática manual ou mecânica para diminuir a retenção de líquidos.
  • Subcisão, tratamento que rompe as fibras que prendem a pele ao tecido gorduroso. Essas fibras formam traves que funcionam como
    âncoras puxando a pele para baixo e dão o aspecto de colchão de molas ou capitone.

Podemos contar ainda com o auxílio de aparelhos que atuam fazendo esvaziamento das células de gordura e estimulando a
produção de novas fibras de colágeno para uma pele mais firme.

Se a pele apresenta flacidez, os buraquinhos da celulite ficarão ainda mais evidentes por isso é importante que a pele esteja bastante firme.

São exemplos de aparelhos – Radiofrequência profunda Reaction, ultrassom microfocado Ultraformer e ondas de choque.

Os bioestimuladores também são ótimas opções no tratamento da flacidez corporal, chamados Radiesse e Sculptra. Trata-se de uma substancia injetável, que promove um forte estímulo à produção de novas fibras de colágeno, trazendo firmeza a pele.

Após a avaliação de cada paciente individualmente, o médico irá montar um plano de tratamento específico, porém é importante ter em mente que se se trata de uma condição crônica e que requer atenção e cuidados permanentes.

× Consultas e dúvidas!