image
Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque. Perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusa.
Recent Posts
Search
 

Cistos

[vc_row content_width=”grid” center_bck_image=”no” css=”.vc_custom_1491251704040{padding-top: 10px !important;}”][vc_column offset=”vc_col-lg-6 vc_col-md-12″][vc_empty_space height=”42px”][vc_single_image image=”11196″ img_size=”full” alignment=”center”][/vc_column][vc_column offset=”vc_col-lg-6 vc_col-md-12″ css=”.vc_custom_1477054256516{padding-right: 3% !important;padding-left: 3% !important;}”][vc_empty_space height=”42px”][eltd_section_title alignment=”left” title=”O que são Cistos e como removê-los? ” title_font_size=”28″ subtitle=”Os cistos (antigamente chamados de “quistos”) são lesões de pele bastante frequentes. Aparecem como cravos na pele, que vão aumentando de tamanho e formando nódulos profundos na pele. Os locais mais comuns de aparecimento são pescoço, tronco e couro cabeludo.”][vc_empty_space height=”18px”][vc_column_text]Estes cistos são como bolsas recheadas de queratina (substância que forma a camada superficial da pele), que se acumulam junto com o sebo produzido pela pele. Costumam eliminar um material amarelado e de odor fétido por um orifício central quando espremidos. Por isso eram chamadas de cistos sebáceos, hoje conhecidos por Cistos Epidérmicos.

Os cistos não costumam apresentar incômodo aos pacientes, a não ser quando aparecem sobre extremidades ósseas quando geram certa dor pela pressão (por exemplo, nas costas na altura do encosto da cadeira).[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row content_width=”grid” center_bck_image=”no”][vc_column][vc_empty_space height=”10px”][vc_column_text]Os cistos tem uma consistência macia ao toque, costumam ser móveis sobre a pele e variam de pequenos a vários centímetros.

Quando as pessoas cutucam seus cistos podem gerar uma inflamação no local e até romper sua cápsula gerando um processo infeccioso que necessita de tratamento por antibióticos orais. Neste caso aparecerá inchaço, vermelhidão, calor e dor no local.

O tratamento dos cistos é cirúrgico, para retirada total da lesão e sua cápsula, para que a lesão não retorne mais. Caso reste uma única célula após a cirurgia o cisto pode se refazer. Este é outro motivo pelo qual orientamos os pacientes a não manipular suas lesões, pois após infeccionar o cisto tende a ficar mais “preso” na pele ao redor o que dificulta sua retira completa.[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row center_bck_image=”no”][vc_column][eltd_call_to_action full_width=”yes” content_in_grid=”yes” grid_size=”80″ type=”normal” show_button=”yes” button_type=”solid” button_hover_type=”gradient_hover” button_icon_pack=”font_awesome” button_fa_icon=”fa-phone” button_text=”(47) 3046 8230″ background_image=”” background_color=”” button_color=”#ffffff” button_border_color=”” button_hover_color=”” button_hover_border_color=”” button_link=”#” button_start_background_color=”#925f8f” button_end_background_color=”#b494aa”]Ligue e marque sua consulta![/eltd_call_to_action][/vc_column][/vc_row]